Empresa

Sede da Rohden Portas de Pouso Redondo - SC

Sede da Rohden Portas de Salete - SC

A Rohden Portas está no mercado desde 1938  e sua história acompanha a evolução da indústria. O jovem marceneiro Samuel Rohden foi seu fundador. Naqueles tempos, trabalhando num galpão cedido por seu pai, plantou a semente do que hoje a empresa se tornou.

Com uma administração focada na produção, o pioneiro empreendedor lutou contra todas as dificuldades da época. Um exemplo, eram as longas viagens necessárias para a compra de pregos ou parafusos. Contudo, as estradas muito precárias e total falta de meios de comunicação não impediram a grande evolução dos negócios.

Lino Rohden, atual presidente da Rohden, soube dar continuidade, ampliar e modernizar a empresa. Essa visão futurista e uma mentalidade corporativa, trouxeram agilidade aos processos de gestão e produção. A fábrica também evolui com o uso de modernas tecnologias. Novos mercados surgiram.  O mercado inglês marcou o início das exportações e hoje a Rohden está na Europa, África, Ásia e principalmente América do Norte.

Ao se conectar através de pesquisas, viagens de negócios, participação em feiras e eventos, que acontecem em todo o planeta, foram lapidadas estratégias de organização e controle.

Hoje o pioneirismo e o poder de adaptação da empresa às exigentes demandas do setor, fazem da Rohden referência em portas e vidros. Isso, para diversos fins e por sua qualidade e competitividade, fidelizando clientes nacionais e internacionais.

POLÍTICA DE COMPRA DE
MADEIRA DA ROHDEN

A Rohden é uma empresa comprometida com o meio ambiente e com as questões sociais e econômicas da região onde atua. Com sua Política atesta que não mantém nenhum envolvimento com madeiras ilegais, seja na sua exploração, utilização e/ou comercialização.

Visando garantir a origem de seus produtos certificados, a Rohden declara que não adquire madeira de:

  • Áreas onde os direitos civis e tradicionais tenham sido violados;
  • Florestas com alto valor para a conservação;
  • Florestas geneticamente modificadas;
  • Áreas florestais ilegalmente exploradas;
  • Áreas em que a floresta nativa seja convertida em plantações.